Abordando a garota na balada. Para Geek’s

Pois é bonecas, aqui nesse post vai mais algumas dicas comportamentais para meus queridos seguidores geek’s que passam cola para pessoas como eu na faculdade.

Esse é um “tutorial” simples e curto com mini-dicas de fácil fixação para você utilizar quando for abordar aquela loirinha na balada.

Primeiro: A não ser que você seja cego não vá de óculos para a balada.

Segundo: Não deixe sua mãe pentear seu cabelo.

Terceiro: Não compre suas roupas com sua mãe nem sozinho, peça para algum colega (aquele que mais pega mulher) da sua sala comprar as roupas pra você, dê a ele uma grana extra como forma de agradecer o favor.

Pronto, agora você está pronto para sair de casa!

Agora, na balada não fique igual um idiota (que você é) encostado na parede com seus amigos derrotados chorando a sua inibição. Tome algumas bebidas alcoólicas até se sentir menos tenso e vá para a ação.

IMPORTANTE: Nunca, eu disse NUNCA peça para algum colega seu chegar em alguma menina para você (atitude de retardado sem confiança punheteiro) ou cutuque no braço da menina para a chamar a atenção.

Bem, imaginemos agora que você obteve sucesso nas dicas anteriores e agora você está face to face com a sua linda garota de Berlim, então, quais os sinais para detectar seu percentual de chances de acertar o alvo?

Pois bem, enquanto você conversa com a garota ( sem elogiar ela, não falando sobre assuntos da faculdade, falando mentiras legais) você deve perceber alguns sinais emitidos pela fêmea aos quais revelam o interesse dela na sua virilidade reprodutora. Sinais a serem detectados:

– ela pergunta seu nome (interesse por você … nunca passe seu telefone verdadeiro. Fica a dica)

– ela se qualifica pra você (pois é, esse é seu dia de sorte)

– ela te provoca (sei que isso te assusta mas ela quer ativar sua virilidade e isso vai ser bom para te desinibir)

– ela pergunta se você tem namorada

– ela mexe no cabelo

– ela ri das suas piadas, por mais sem-graça que sejam (se esforce para ser um cara divertido, mas divertido é diferente de palhaço)

– ela te toca bastante (ótimo sinal, pelo menos nojento ela não te acha e quer se aproximar)

– se você para de falar ela recomeça o assunto (ela está interessada em manter-se com você mesmo você sendo essa negação dialoguística)

– ela faz muito contato visual com você (ela quer que você a ache bonita e está tentando “encantar” você com seu doce olhar que ela aprendeu nos contos de fadas que ela leu)

– ela tenta conseguir a sua atenção a qualquer custo (caraleo, garra ela!)

É isso aí, esses são alguns sinais de interesse. Tentei fazer esse mini tutorial o mais simples possível para sua iniciação no jogo. Espero que coloque os ensinamentos em ação logo e comece a honrar a porra da pistola que carrega na sua calça. Mas, por fim a dica mais importante que tenho para te passar seu frouxo de merda que não pega ninguém é: Seja homem! Você é um porra de um sujeito sem confiança e é você quem decide se vai continuar assim ou mudar.

Agora saia no mundo e coma umas vadias caraleo!
Good Luck.

2 Respostas to “Abordando a garota na balada. Para Geek’s”

  1. […] * Abordando a garota na balada. Para Geek’s […]

  2. priamaralxd Says:

    hasuashs, isso me lembra um programa q as mulheres arrumam um nerd e tornam ele pegador =P

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: